Alimentação de avós pode afetar DNA dos netos

Novos estudos apontam que o que alguém come pode influenciar a formação genética de seus filhos e netos. Uma dieta boa ou ruim pode causar mudanças notáveis na natureza do DNA do indivíduo, e essas mudanças são transmitidas aos seus descendentes.

Pesquisadores têm estudado essa questão por anos, e a literatura médica mostra dados que favorecem a possibilidade de que os alimentos ingeridos por alguém afetem a saúde da prole.

Pesquisas feitas na área podem fornecer informações sobre o aumento do risco genético que crianças sofrem de desenvolverem doenças como a diabetes e a obesidade, quando comparadas a seus pais.

Mais informações: LiveScience

“Sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que Me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que Me amam e aos que guardam os Meus mandamentos. …  Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de Seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos Seus mandamentos, e guardares todos os Seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque Eu sou o Senhor que te sara.” (Êxodo 20:5-6, 15:26)

Alimentação de avós pode afetar DNA dos netos
Rolar para o topo