Ameixas secas ajudam na prevenção de fraturas e osteoporose, conclui estudo

As ameixas secas ajudam a melhorar a saúde óssea em pessoas de todas as idades. Segundo pesquisadores da Florida State University e da Oklahoma State University, nos Estados Unidos, a fruta pode ainda ajudar mulheres na pós-menopausa.

O estudo envolveu 100 mulheres que foram acompanhadas por doze meses. Divididas em dois grupos, o primeiro, composto por 55 participantes, consumiram cerca de dez ameixas secas diariamente, enquanto o segundo grupo, com 45 mulheres, consumiu a mesma quantidade de maçãs secas. Todas as participantes receberam ainda uma dose de cálcio e 500 miligramas de vitamina D por dia.

Os resultados mostraram que o grupo que consumiu as ameixas secas apresentava densidade mineral óssea significativamente maior em ossos do braço e da coluna em comparação com o grupo que consumiu maçãs secas. Segundo os pesquisadores, isso se deve à capacidade das ameixas em suprimir a taxa de reabsorção óssea, o que reduz os riscos de fratura.

“Durante minha carreira, eu testei frutos numerosos, incluindo figos, tâmaras, morangos e uvas passas, e nenhum deles chega perto de ter o efeito sobre a densidade óssea que as ameixas secas têm”, diz Bahram Arjmandi, um dos autores da pesquisa. “Todas as frutas e os vegetais têm um efeito positivo sobre a nutrição, mas em termos de saúde óssea, este alimento em especial é excepcional”.

Mais informações: The Florida State University

Ameixas secas ajudam na prevenção de fraturas e osteoporose, conclui estudo
Rolar para o topo