Atividade física de lazer reduz o risco de câncer de mama

Este estudo realizado por pesquisadores norte-americanos investigou a relação entre atividade física de lazer (AFL) e o risco de câncer de mama, além disso, analisou de uma forma conjunta a relação entre os níveis de AFL, ganho de peso e superfície corporal. A amostra populacional do estudo foi composta por 1.504 mulheres portadores de câncer de mama e 1.555 mulheres saudáveis (grupo controle). A idade das participantes variou de 20 até 98 anos.

O grupo de mulheres fisicamente mais ativas, ou seja, aquelas que praticavam cerca de 2 horas de AFL, na maioria dos dias da semana, apresentou uma redução média de 30% no risco de câncer de mama, tanto na fase reprodutiva da vida, como também, na fase da pós-menopausa. A avaliação conjunta da AFL, ganho de peso e superfície corporal, revelou que as mulheres com perfis desfavoráveis de equilíbrio de energia, ou seja, aquelas com ganho de peso, apresentaram um risco aumentado de câncer de mama.

Os autores do estudo concluíram que qualquer nível de AFL durante os anos reprodutivos e no período da pós-menopausa, acarreta uma redução no risco de câncer de mama. Um ganho de peso substancial na pós-menopausa pode eliminar os benefícios de uma atividade física regular.

Fonte: Cancer

Atividade física de lazer reduz o risco de câncer de mama
Rolar para o topo