Aumenta o número de norte-americanos que oram sobre saúde

O número de adultos norte-americanos que oram sobre assuntos relacionados à saúde aumentou em 36% entre os anos de 1999 e 2007.

A pesquisadora Amy Wachholtz e sua equipe, da escola de medicina da Universidade de Massachusetts (EUA) analisaram dados recolhidos pelo órgão norte-americano Center for Disease Control and Prevention nos anos de 1999, 2001 e 2007. No estudo que eles desenvolveram, o foco foi mantido nos resultados obtidos através de uma comparação dos dados dos anos de 2002 (que incluíam 30.080 adultos de 44.540 lares) e 2007 (23.393 adultos em 40.377 lares).

Os resultados mostraram que pessoas de todos os grupos sociais estavam orando mais. Em 2002, 43% das pessoas oravam sobre saúde, e esse número aumentou para 49% em 2007. Pessoas que tinham sofrido pioras ou melhoras em seu quadro de saúde tinham uma tendência maior a orarem sobre o tema, enquanto aqueles que tinham rendas mais altas tinham probabilidades 15% menores de terem a mesma prática.

“Os Estados Unidos tiveram um aumento de frequencia em cultos em múltiplas fés religiosas imediatamente após o ataque do 11 de setembro de 2001, mas isso não continuou elevado. No entanto, as pessoas continuam usando práticas espirituais privadas e informais como a reza”, explica

A pesquisa foi publicada no periódico Psychology of Religion and Spirituality.

Mais informações: United Press International

Aumenta o número de norte-americanos que oram sobre saúde
Rolar para o topo