Bebês que têm acesso a livros se tornam crianças mais inteligentes

A forma como o cérebro do bebê é estimulado em casa, como os livros que estão disponíveis no lar, podem influenciar a estrutura do cérebro da criança mais tarde.

Uma nova pesquisa mostra que indivíduos que cresceram em ambientes enriquecedores tinham córtices cerebrais mais finos. O córtex é a camada exterior do cérebro e a literatura médica mostra que menores espessuras dessa estrutura estão associadas a pontuações mais altas em testes de inteligência.

De acordo com o pesquisador Brian Avants, “o tempo que passamos com nossos pais antes de irmos para a escola provavelmente vai nos afetar pelo resto das nossas vidas”. Dessa forma, a pesquisa mostra a importância das primeiras experiências de desenvolvimento cerebral na vida do bebê.

A pesquisa foi desenvolvida na University of Pennsylvania, Estados Unidos.

Mais informações: LiveScience

Bebês que têm acesso a livros se tornam crianças mais inteligentes
Rolar para o topo