Crença em Deus torna pessoas mais tolerantes e menos estressadas, afirma estudo

Acreditar em um Deus benevolente pode ajudar a reduzir a preocupação e melhorar a habilidade de uma pessoa em lidar com a incerteza, relataram pesquisadores.

A pesquisa, publicada recentemente no Journal of Clinical Psychology, inclui os resultados de dois estudos conduzidos por pesquisadores do Hospital McLean, afiliado a Harvard, de Belmont, Mass.

Um estudo em  332 cristãos e judeus concluiu que aqueles que confiaram que Deus olha por elas tiveram níveis inferiores de preocupação e menos intolerância com a incerteza em suas vidas.

O segundo estudo incluiu 125 judeus que participaram de um programa de duas semanas destinado a aumentar sua confiança em Deus. Os participantes relataram um aumento da confiança em Deus e diminuições na preocupação, no estresse e na intolerância da incerteza.

“Estes resultados… sugerem que certas crenças espirituais estão ligadas à intolerância de incerteza e de preocupação para alguns indivíduos”, observaram os pesquisadores.

“Concluímos que crenças positivas de confiança em Deus estão associadas com menos preocupação e que este relacionamento estava parcialmente mediado por níveis inferiores de intolerância da incerteza. Inversamente, as crenças negativas de desconfiança em Deus correlacionava com preocupação e intolerância mais elevadas”, escreveram os autores.

“As implicações deste estudo, para o campo da psiquiatria, são que nós temos que levar em conta a espiritualidade dos pacientes mais seriamente do que nós temos feito”, diz David H. Rosmarin, um assistente em psicologia, em uma nota de imprensa do Hospital McLean.

O estudo foi apresentado na reunião anual da American Psychological Association em Washington.

Fonte: Arkansas Foundation for Medical Care

Mais informações: McLean Hospital

Crença em Deus torna pessoas mais tolerantes e menos estressadas, afirma estudo
Rolar para o topo