Excesso de gorduras pode afetar a qualidade do esperma

Homens que consomem grandes quantidades de gordura podem apresentar uma redução da concentração de espermatozoides, a célula reprodutora masculina, em seu esperma.

Esta é a conclusão principal de um estudo realizado por pesquisadores da escola de medicina de Havard (Boston, Estados Unidos). O esperma é constituído por espermatozoides, liquido seminal e prostático.

Um total de 99 homens participaram do estudo. Seus hábitos alimentares, bem como a qualidade de seu esperma, foram avaliados pelos pesquisadores norte-americanos.

A concentração de espermatozoides no esperma foi aproximadamente 40% menor nos homens cuja dieta fornecia 37% ou mais de calorias oriundas da ingestão de gorduras, quando comparados aos homens que ingeriram menos gorduras. A força desta associação permaneceu mesmo quando foram levados em conta o índice de massa corporal (IMC) e outros fatores relacionados ao estilo de vida. A maior ingestão de ácidos graxos ômega-3, gorduras benéficas para a saúde humana, associou-se a uma melhor morfologia dos espermatozoides.

“Apesar de suas limitações, este é o primeiro estudo que associa a ingestão diária de gorduras com a qualidade do esperma humano. Mais estudos são necessários para validar estas associações”, finaliza o Dr. Jill A. Attaman, autor principal do estudo.

Fonte: Human Reproduction

Excesso de gorduras pode afetar a qualidade do esperma
Rolar para o topo