Exercícios com pesos podem aliviar os sintomas da doença de Parkinson

A doença de Parkinson (DP) ou mal de Parkinson, descrita pela primeira vez por James Parkinson em 1817, é caracterizada por uma desordem progressiva do movimento devido à disfunção das células nervosas secretoras de dopamina nos gânglios da base, uma área específica do cérebro responsável pelo controle dos movimentos. A DP é caracterizada clinicamente pela combinação de três sinais clássicos: tremor de repouso, lentidão dos movimentos (bradicinesia) e rigidez muscular.

A prática de exercícios com pesos pode ser efetiva para aliviar os sintomas da DP. Esta é a principal conclusão de um pequeno estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Illinois (Chicago, Estados Unidos). Os autores do estudo avaliaram 48 pacientes com DP. Metade destes pacientes praticou exercícios com pesos progressivos por um período de 24 meses. A outra metade praticou uma uma mistura de exercícios físicos (alongamentos, exercícios aeróbicos e de fortalecimento) durante o mesmo período de tempo.

Ao final dos 24 meses de estudo, os pacientes que levantaram pesos obtiveram uma vantagem média de 7,3 pontos na Escala Unificada de Avaliação da Doença de Parkinson. Esta melhora dos sintomas é considerada significativa, podendo ser comparada ao efeito obtido com o uso da levodopa, uma das medicações mais utilizadas para o tratamento da DP.

Fonte: Academia Americana de Neurologia

Exercícios com pesos podem aliviar os sintomas da doença de Parkinson
Rolar para o topo