Frutas e vegetais na dieta diminuem o risco de derrame cerebral

Frutas e vegetais na dieta diminuem o risco de derrame cerebralAté que ponto a dieta se encontra relacionada com o risco de um derrame (acidente vascular cerebral)? Foi realizada uma análise recente, publicada na revista médica Stroke, para resumir as evidências de estudos prospectivos sobre a associação do consumo de frutas e legumes com o risco de acidente vascular cerebral. Vinte estudos prospectivos foram incluídos, envolvendo 16 981 casos de AVC entre 760.629 participantes.

O risco relativo para o alto comparado com o baixo consumo de frutas e vegetais foi de 0,79 , e o efeito foi de 0,77 para o consumo de frutas e 0,86 para o consumo de vegetais. Um subgrupo mostrou uma associação inversa do total de consumo de frutas e vegetal com o risco de acidente vascular cerebral. As frutas cítricas, maçãs / peras e legumes podem contribuir para esse tipo de proteção.

A relação dose-resposta linear mostrou que o risco de acidente vascular cerebral diminuiu em 32% e 11% para cada 200 g por dia de aumento no consumo de frutas e legumes, respectivamente.

Portanto, o consumo de frutas e vegetais é inversamente associado com o risco de acidente vascular cerebral.

Fonte: Stroke; 2014; 45: 1613-1619.