Suplementos de resveratrol na gravidez podem prejudicar pâncreas do feto

Suplementos de resveratrol na gravidez podem prejudicar pâncreas do fetoUma nova pesquisa da Universidade de Ciências e Saúde de Oregon e da Universidade de Colorado-Denver, nos Estados Unidos, sugere que tomar suplementos de resveratrol – um antioxidante encontrado naturalmente nas uvas vermelhas, amendoins, mirtilos e chocolate escuro – durante a gravidez pode causar problemas de pâncreas para o feto.

O composto tem sido associado a uma variedade de benefícios para a saúde, como, por exemplo, no combate ao cancro e envelhecimento, e muitos acreditavam ainda que este melhorava a saúde metabólica das grávidas, o que tem levado muitos médicos a prescrever estes suplementos; no entanto, os pesquisadores deste estudo mais recente sublinham que pouco se sabe sobre os efeitos dos suplementos no desenvolvimento do feto.

Os pesquisadores analisaram os efeitos do resveratrol em macacas e concluem que este, embora tenha contribuído para uma melhoria do fluxo sanguíneo da placenta para o feto – o que pode reduzir o risco de complicações da gravidez e problemas de saúde comumente encontrados em bebês de mulheres obesas que seguem uma dieta pouco saudável – pode prejudicar o desenvolvimento normal do pâncreas no feto.

Num artigo publicado no The FASEB Journal, o autor sênior do estudo, Kevin Grove, explica que “no início, os resultados foram promissores e nós esperávamos encontrar um suplemento natural capaz de melhorar as complicações na gravidez; no entanto, o impacto negativo sobre o pâncreas é realmente preocupante”.

Os cientistas admitem mesmo que as grávidas devem ser desaconselhadas pelos seus médicos a tomar estes suplementos.

Fonte: Índice.eu

Suplementos de resveratrol na gravidez podem prejudicar pâncreas do feto
Rolar para o topo