Terapia pela internet para hipocondria funciona, conclui estudo

Hipocondria, um sério transtorno mental, muito comum em mulheres, pode ser tratada efetivamente por terapias cognitivas. Um estudo americano avalia se esta terapia pode ser feita pela internet

A hipocondria é um sério transtorno mental caracterizada pelo alto grau de ansiedade sobre o estado de saúde. Não raro leva à incapacidade funcional. A pessoa vai se imobilizando com tantas preocupações com a saúde e com as possíveis e imaginárias prevenções que precisa se submeter que acaba parando. Um dos tratamentos para o problema é a Terapia Cognitivo-Comportamental que tem sua eficácia comprovada por alguns estudos. Mas e se esta terapia for oferecida pela internet será que ela funciona? Pois bem, um estudo procurou avaliar esta nova modalidade de intervenção para hipocondríacos.

Dois grupos de portadoras da condição foram aleatorizados: 40 pessoas receberam terapia pela internet com mínima troca de orientações com terapeuta por meio de e-mail. No grupo controle, 41 pessoas receberam apenas vigilância. Tudo isso ao longo de 12 meses. O desfecho principal foi avaliado por um inventário que media ansiedade sobre o estado de saúde. Resultado mais importante: os participantes que se submeteram a terapia cognitiva pela internet apresentaram melhora significativa e superior, quando comparados com os indivíduos do grupo controle. Segundo o instrumento usado, uma melhora superior a 50%.

A idéia por trás dos resultados é ampliar o leque de tratamento para pessoas que sofrem de hipocondria. E sofrer, com ou sem motivo real, tendo ou não um diagnóstico, é sempre muito ruim. E pior ainda, quando a pessoa não consegue ou não sabe a quem pedir ajuda.

Fonte: British Journal of Psychiatry

Terapia pela internet para hipocondria funciona, conclui estudo
Rolar para o topo