Uso de remédios tira o foco das causas da falta de libido, alerta especialista

Aproximadamente 33% das mulheres americanas apresentam pouco desejo sexual, e a maioria delas pode ser ajudada por terapia psicológica, segundo a terapeuta Laurie Mintz, da Missouri University College of Education, nos EUA. De acordo com a especialista, o tratamento com medicamentos podem estar tirando o foco dos principais responsáveis por esses problemas, incluindo a falta de informação sobre o funcionamento do corpo, o estresse, e questões que envolvem autoimagem e o relacionamento amoroso.

Em estudo com mulheres casadas com idades entre 28 e 65 anos que relatavam desinteresse pelas relações sexuais, pesquisadores da universidade americana observaram que aquelas que passaram por um tratamento psicológico que incluía a leitura de um livro sobre o assunto, que propunha uma série de exercícios, apresentaram um aumento de quase 30% nos níveis de desejo sexual. O livro incluía pensamentos sobre sexo, dicas de como falar com o parceiro sobre o assunto, formas eróticas e não-eróticas de contato físico, entre outros.

“De fato, a pesquisa mostra que questões de relacionamento são muito mais importantes em prever o desejo sexual feminino do que os níveis hormonais”, destacou a pesquisadora. “Antes de as mulheres procurarem tratamentos médicos, elas deveriam considerar o tratamento psicológico”, acrescentou.

Mais informações: EurekAlert

Uso de remédios tira o foco das causas da falta de libido, alerta especialista
Rolar para o topo